Observação: É proibida a reprodução total ou parcial deste Blog, sem a devida autorização da Equipe.

Compartilhando idéias, falando sobre odontologia e trocando informações

Este blog nasceu da necessidade de conectar a inspiração de suas criadoras com a mídia e as redes sociais.
Estamos em ascenção, nos organizando para trazer ao leitor textos impactantes, modelados na medida das necessidades de nossos leitores e de nossas próprias.
Não temos a pretensão de sermos um blog que vem ensinar mas, estamos em movimento de pesquisa constante, para aprender e divulgar o que for relevante às idéias que inspiraram sua criação.
Esteja conosco. Será um prazer desfrutarmos deste tempo juntamente com você.

Equipe Odontologando

sábado, 26 de maio de 2012

Você sabe o que é disfagia?

A disfagia é uma alteração na deglutição, ou seja, no ato de engolir alimentos ou saliva. Pode ocorrer em diversas fases da vida, especialmente em idosos, podendo trazer sérias consequências à saúde.
Na disfagia ocorre um desvio do alimento ou saliva, obstruindo parcialmente ou completamente as vias respiratórias. Esse desvio pode ser facilitado também pelo envelhecimento natural das estruturas envolvidas na deglutição(lábios, língua, bochechas, etc).
Além do envelhecimento das estruturas, o derrame, o traumatismo craniano, as doenças neurológicas (Parkinson e Alzheimer), as distrofias musculares e o câncer de cabeça e pescoço podem causar disfagia.
Podem ainda surgir devido a próteses dentárias mal adaptadas, refluxo gastroesofágico grave e após longos períodos de entubação.
É necessário entender que a disfagia além de provocar problemas emocionais e isolamento social, causa problemas sérios como desidratação, desnutrição e pneumonia, além do risco de morte por asfixia.

O que fazer aos perceber sintomas de disfagia?
Por não ser uma doença por sí só e sim um sintoma causado por alguma alteração fisiológica, a disfagia deve ser diagnosticada e tratada conjuntamente por médicos, dentistas, enfermeiros nutricionistas e fonoaudiólogos.

Orientações durante a alimentação:

*mantenha a postura ereta e confortável. Nunca como deitado, salvo em caso de orientações específicas;
*coma sem pressa;
*mantenha as próteses dentárias bem adaptadas;
*caso necessário, coma alimentos mais pastosos e tome líquidos mais grossos, pois o engasgo com alimento líquido é o mais frequente.



A atenção e o auxílio às pessoas com dificuldades de engolir são muito importantes para diminuir as complicações provocadas pela disfagia.

Fonte: www.fonoaudiologia.org.br

2 comentários:

Deixe aqui seu comentário. Será um prazer poder recebê-lo.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagens populares

Pesquisar este blog