Observação: É proibida a reprodução total ou parcial deste Blog, sem a devida autorização da Equipe.

Compartilhando idéias, falando sobre odontologia e trocando informações

Este blog nasceu da necessidade de conectar a inspiração de suas criadoras com a mídia e as redes sociais.
Estamos em ascenção, nos organizando para trazer ao leitor textos impactantes, modelados na medida das necessidades de nossos leitores e de nossas próprias.
Não temos a pretensão de sermos um blog que vem ensinar mas, estamos em movimento de pesquisa constante, para aprender e divulgar o que for relevante às idéias que inspiraram sua criação.
Esteja conosco. Será um prazer desfrutarmos deste tempo juntamente com você.

Equipe Odontologando

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Diabetes e manifestações bucais




O que é diabetes?


A Diabete Melito é uma doença metabólica sistêmica crônica, caracterizada por deficiência parcial ou total da síntese do hormônio insulina pelas células pancreáticas, ocasionando assim modificações no metabolismo de proteínas, gorduras, sais minerais e, principalmente, de glicose. A insuficiente produção de insulina resulta em diminuição no transporte de glicose para o interior das células, elevando a taxa de glicose no sangue.



Manifestações bucais que podem ocorrer dependendo da gravidade ou da descompensação da doença:
  • xerostomia (boca seca)
  • ardor na língua
  • eritema (coloração avermelhada, típica da inflamação)
  • distúrbios da gustação
  • candidíase (doença causada por fungo)
  • aumento da glândula parótida
  • periodontite (inflamação que começa na gengiva e vai para outros tecidos)
Categorias de risco para pacientes com Diabetes:

*PACIENTES DE BAIXO RISCO 
Bom controle metabólico em um regime médico estável.
Ausência de história de cetoacidose ou hipoglicemia. 
Ausência de complicações do Diabete. 
Nível de glicose sanguínea, em jejum, menor do que 
200mg/dl. 
Taxa de hemoglobina A1c de 7%. 

*PACIENTES DE RISCO MODERADO 
Controle metabólico razoável em regime médico 
estável. 
Ausência de história recente de cetoacidose ou 
hipoglicemia. 
Poucas complicações do Diabete. 
Taxa de glicose no sangue, em jejum, abaixo de 
250mg/dl. 
Nível de hemoglobina A1c entre 7 e 9%. 

*PACIENTES DE ALTO RISCO 
Controle metabólico deficiente. 
Sintomas freqüentes. 
Problemas freqüentes envolvendo cetoacidose e 
hipoglicemia. 
Múltiplas complicações do Diabete. 
Taxa de glicose no sangue, em jejum, acima de 
250mg/dl. 
Nível de hemoglobina A1c acima de 9%.


Aparelho para medir a glicemia

Ver notícia que saiu hoje na uol sobre o assunto: http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2012/11/13/diabetes-mata-4-vezes-mais-que-aids-no-brasil-mostra-balanco-do-ministerio-da-saude.htm
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
1. Almeida. E. R. Odontologia de alto risco: pacientes especiais. 
Rio de Janeiro: Revinter, 1995. p.95-115.
2. Andrade , E. D. Terapêutica medicamentosa em odontologia. 
São Paulo: Artes Medicas, 2000. p.119-125.
3. Assunção, Bandeira, Tattersall in: Bandeira, F.; Macedo, G.; 
Caldas, G.; Griz L.; Faria, M. S. Endocrinologia e diabetes. Rio 
de Janeiro: Medsi, 2003. p.841- 852. 
4. Batista, A. A.; Motta Neto, J. Manifestações da diabete na 
cavidade bucal em pacientes portadores de próteses. J. Bras. 
Clin. Estét. Odontol., Curitiba, 1999. v. 3, n. 14, p. 70-72.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

5 motivos para levar seu filho ao dentista frequentemente


  1. A criança conseguirá comer adequadamente.
  2. Não terá dores de dente e nem sangramentos gengivais (gengivite).
  3. Evitará perda prematura dos dentes decíduos (dentes de leite).
  4. Baixo custo.
  5. Ausência de mau hálito.

Nas fotos abaixo, as crianças, que nunca fizeram consulta odontológica, relatam dor, sangramento gengival e mau hálito.




Prevenir é a melhor opção!



Postagens populares

Pesquisar este blog