Observação: É proibida a reprodução total ou parcial deste Blog, sem a devida autorização da Equipe.

Compartilhando idéias, falando sobre odontologia e trocando informações

Este blog nasceu da necessidade de conectar a inspiração de suas criadoras com a mídia e as redes sociais.
Estamos em ascenção, nos organizando para trazer ao leitor textos impactantes, modelados na medida das necessidades de nossos leitores e de nossas próprias.
Não temos a pretensão de sermos um blog que vem ensinar mas, estamos em movimento de pesquisa constante, para aprender e divulgar o que for relevante às idéias que inspiraram sua criação.
Esteja conosco. Será um prazer desfrutarmos deste tempo juntamente com você.

Equipe Odontologando

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Os cuidados da saúde bucal em crianças com Síndrome de Down

    A Síndrome de Down, também chamada de Trissomia do comossomo 21 é a mais comum das anomalias congênitas e atinge pessoas de ambos os sexos, sendo causada pela presença de um cromossomo a mais no par 21.
Os portadores desta síndrome, apresentam algumas características, dentre elas: mãos largas com dedos curtos, anomalias cardíacas, olhos pequenos e oblíquos, dentre outras.
Na cavidade bucal, podemos observar atraso na erupção dos dentes, baixa incidência de cáries e alta suscetibilidade a doenças periodontais. É comum também observar alteração na sequência de erupção dos dentes, alteração na estrutura dentária e desarmonias oclusais.
A primeira consulta ao dentista deve ser feita ainda durante o primeiro ano de vida, pois estudos comprovam que estas crianças se acostumam ao tratamento dentário e reagem normalmente ao tratamento.
Costumam ser amorosos e quando se habituam com seu dentista, muitas vezes pode-se dispensar a necessidade de anestesia geral para a realização de procedimentos.
Por serem as doenças periodontais (doenças das gengivas) muito prevalentes, as famílias devem ser alertadas quanto aos cuidados com a higiene bucal, para se evitar perdas precoces dos dentes.
Fonte: Santos P. Pacientes com Síndrome de Down apresentam doença periodontal precoce. Rev SOBRAPE 2003;81:abr/jun.
Alves RD, Silveira EJD, Lins RDAU. Doença Periodontal x Síndrome de Down: uma revisão. Revista Brasileira de Patologia Oral 2004;3(3):119-122.






Diego - Era do Gelo - Uma alusão ao Tigre dentes de sabre.

Os dentes desta espécie, já extinta,  podiam chegar a 20 centímetros.

Esses Tigres se desenvolveram na era do gelo para caçar animais grandes. Com seus dentes gigantes e sua enorme mordida, ficava fácil o abate de grandes animais, uma vez que estes caim enfraquecidos pela quantidade de sangue derramado.

Em sua época, os tigres dentes de sabre estavam no topo da cadeia alimentar, juntamente com outros grandes predadores da época, como por exemplo os Dentes de Sabre Homotherium e o Xenosmilus, e com o Leão Americano (Panthera atrox).

Add caption
Dados do Mamífero:
Nome: Tigre Dente de Sabre
Nome Científico: Smilodon fatalis, Smilodon gracilis e o Smilodon populator
Época: Pleistoceno à 12 mil anos atrás
Local onde Viveu: América do Sul e do Norte
Tamanho: 3 metros de comprimento
Peso: 300kg
Alimentação: Carnívora





fonte: internet

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Alimentos inimigos dos dentes

    Para ter dentes saudáveis, procure evitar os alimentos que contém carboidratos fermentáveis, pois eles oferecem substrato para as bactérias produzirem ácidos que reduzem o pH salivar, possibilitando o início do processo de cárie.

*Açúcar
*Refrigerantes, cerveja
*Biscoitos e bolochas
*Balas
*Bolos
*Salgadinhos de pacote
*Doces e sorvetes
*Goma de mascar
*Cookies
*Mel
*Cereais matinais com açúcar
*Bebidas adoçadas com açucar



terça-feira, 19 de junho de 2012

O que é tuberculose e como ela se manifesta?

    Tosse por mais de três semanas é sinal de alerta!
Tuberculose é uma doença infecto-contagiosa causada por uma bactéria, o Mycobacterium tuberculosis( bacilo de Koch). Afeta principalmente os pulmões mas também pode ocorrer em outros órgãos do corpo, como ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro)

Como se transmite?
A transmissão é feita de pessoa para pessoa. É transmitida através da tosse, espirro e pequenas gotas de saliva, expelida pela pessoa doente Como diagnosticar? O diagnóstico pode ser realizado em qualquer unidade de saúde por meio de duas amostras de escarro para a realização da baciloscopia.

Como tratar?
O tratamento à base de antibióticos é 100% eficaz, no entanto, não pode haver abandono. A cura leva seis meses, mas muitas vezes o paciente não recebe o devido esclarecimento e acaba desistindo antes do tempo. Para evitar o abandono do tratamento é importante que o paciente seja acompanhado por equipes com médicos, enfermeiros, assistentes sociais e visitadores devidamente preparados.

Add caption
Quem são as pessoas mais vulneráveis?
*Pessoas imunodeprimidas (baixa resistência)
*Pessoas em situação de rua
*Pessoas privadas de liberdade
*Povos indígenas

Como se prevenir?
Para prevenir a doença é necessário imunizar as crianças com a vacina BCG. Crianças soropositivas ou recém-nascidas que apresentam sinais ou sintomas de Aids não devem receber a vacina. A prevenção inclui evitar aglomerações, especialmente em ambientes fechados, mal ventilados e sem iluminação solar. Fonte: Ministério da Saúde

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Preocupe-se com seus dentes mais cedo. Fará toda a diferença amanhã!

   
Novas pesquisas demonstram que seis em cada 10 pessoas com mais de 55 anos no Reino Unido, estão arrependidas por não terem começado a cuidar dos dentes quando eram mais jovens. Adultos do Norte da Inglaterra, Escócia e Norte da Irlanda não as que mais se arrependem de estar em falta com a higiene oral.

Cerca de um em cada cinco pessoas no Reino Unido utiliza prótese parcial ou total e 2,5 milhões de pessoas não possuem dentes naturais. Apesar de a saúde oral ter evoluído significativamente nas últimas décadas, as pessoas que nasceram em 1960, viveram em uma época onde a educação em saúde oral não era tão difundida e isso teve graves consequências. Em 1968 estima-se que mais de 37% dos adultos não possuíam dentes naturais, ou seja, 10 milhões de pessoas no Reino Unido.

As campanhas em saúde oral, o maior acesso às informações e ao tratamento odontológico tem aumentando a consciência da população em geral. A Negligência e os danos são menores, mas ainda há muito que se progredir neste aspecto! Em um país com tantos dentistas como o Brasil, os números são alarmantes!

Fica ressaltado que: Uma boa higiene oral deve ter início no momento da erupção do primeiro dente de leite. É imprescindível, escovar os dentes por 2 minutos, pelo menos três vezes ao dia, com pasta fluoretada, utilizar fio dental, controlar o consumo de açúcar e refrigerantes e consultar o dentista regularmente

Fonte de dados: http://www.smilemonth.org.

domingo, 17 de junho de 2012

Benefícios da meditação


Benefícios da Meditação:


Redução da Pressão Arterial Alta
e Taxas de Mortalidade

American Journal of Cardiology
Redução da Pressão Arterial Alta
Redução de Medicação Hipertensiva

American Journal of Hypertension
Redução da Aterosclerose
American Journal of Cardiology
Redução do Espessamento
das Artérias Coronárias

The American Heart Association's Stroke
Redução da Constrição
dos Vasos Sanguíneos

Psychosomatic Medicine
Redução da Pressão Arterial
International Journal of Neuroscience
Redução da Isquemia do Miocárdio
American Journal of Cardiology
Retardamento do Envelhecimento
International Journal of Neuroscience
Redução das Taxas de Hospitalização
American Journal of Managed Care
Diminuição da Utilização de
Cuidados Médicos e Hospitalização

Psychosomatic Medicine
Maior Criatividade
Journal of Creative Behavior
Melhor Memória
Memory and Cognition
Maior Inteligência
Intelligence
Menor Ansiedade
Journal of Clinical Psychology
Redução do Abuso de Álcool
American Journal of Psychiatry
Maior Produtividade
Academy of Management Journal
Redução da Pressão Arterial:
Comparação com Outros Procedimentos

The American Heart Association's
Hypertension


Fonte: http://www.meditacaotranscendental.com.br

Postagens populares

Pesquisar este blog