Observação: É proibida a reprodução total ou parcial deste Blog, sem a devida autorização da Equipe.

Compartilhando idéias, falando sobre odontologia e trocando informações

Este blog nasceu da necessidade de conectar a inspiração de suas criadoras com a mídia e as redes sociais.
Estamos em ascenção, nos organizando para trazer ao leitor textos impactantes, modelados na medida das necessidades de nossos leitores e de nossas próprias.
Não temos a pretensão de sermos um blog que vem ensinar mas, estamos em movimento de pesquisa constante, para aprender e divulgar o que for relevante às idéias que inspiraram sua criação.
Esteja conosco. Será um prazer desfrutarmos deste tempo juntamente com você.

Equipe Odontologando

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Campanha da vacinação da gripe. Quem pode ser vacinado?

Começa no dia 15 e se estende até o dia 26 de abril, a campanha de vacinação contra a gripe (Influenza), nos postos de saúde do Estado de São Paulo.

Veja qual é o público- alvo da campanha








Contra-indicações


Outras Vacinas




Fonte: Governo do Estado de São Paulo - Saúde

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Os dentes permanentes estão demorando a nascer, é normal?

Cada criança tem um ritmo biológico de desenvolvimento diferente umas das outras, porém há uma faixa de normalidade onde a maioria das crianças se encaixam.

Nem sempre, os dentes permanentes nascem imediatamente após os dentes decíduos (dentes de leite) caírem. Podem demorar algum tempo, sem que isso apresente qualquer anormalidade.

Porém, todas as crianças devem ter seu desenvolvimento acompanhadas por um odontopediatra, que saberá alertar as mamães sobre a época de troca dos dentes, as formas possíveis de prevenção e deixar os pais e a criança ciente da necessidade de adequar seus hábitos em função de obter e manter uma boa saúde bucal.

A foto da criança abaixo, é de uma garota de 6 anos e meio. A mamãe, estava preocupada que os incisivos superiores (os 2 dentes pemanentes da frente de cima), estavam demorando a nascer.
Esta criança, apresenta-se em fase normal de desenvolvimento.


Em caso de dúvidas, consulte seu dentista sempre!

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Falando de Câncer

Hoje, dia 8 de abril, em que é comemorado o dia mundial de combate ao câncer, queremos falar sobre o câncer de intestino.


Fatores que facilitam o aparecimento de câncer no intestino:


  • Predisposição hereditária
  • Dieta rica em gordura e pobre em fibras
  • Ingestão frequente de álcool e de alimentos contendo substâncias químicas em excesso como conservantes e corantes artificiais
  • Alguns hábitos como o fumo, o sedentarismo e a obesidade
Quase sempre  câncer de intestino começa como um pólipo (lesão benigna) que nasce na parede do intestino e que pode se transformar em câncer com o passar do tempo. Os sintomas, geralmente só aparecem quando o câncer já está mais desenvolvido e os sintomas são os seguintes:

  • Sangramento pelo ânus
  • Presença de sangue nas fezes
  • Diarreia ou prisão de ventre de início recente
  • Vontade frequente de ir ao banheiro com sensação de evacuação incompleta
  • Cansaço, fraqueza e anemia
  • Dor ou desconforto abdominal
  • Perda de peso sem causa aparente
Este tipo de câncer é curável mais facilmente na fase inicial, e com maior dificuldade quanto mais tarde for percebido.

Pessoas com maior chance de desenvolver esse câncer:

  • Qualquer pessoa a partir dos 50 anos de idade
  • Pessoas que já tiveram pólipos, câncer de intestino ou ginecológico (mama, ovário e útero) ou com parentes que tiveram a doença
  • Quem tem outras doenças do intestino como colites de longa duração.

Para prevenir o câncer de intestino:

  • Coma boa quantidade de fibras (25 a 30 g por dia) encontrada nas frutas, verduras, legumes e cereais(aveia, farelo de trigo e grãos)
  • Frutas e vegetais frescos são muito importantes
  • Coma cerca de duas xícaras e meia de frutas e verduras por dia
  • Coma biscoitos e salgados com fibras, adoçantes com fibras e substitua na medida do possível chocolate por barra de cereais
  • Reduza a quantidade de gorduras, principalmente as de origem animal (carne vermelha e queijos)
  • Beba menos álcool
  • Combata a obesidade
  • Não fume
Qualquer dúvida, consulte um médico.




Fonte GGO: Grupo Gestor de Oncologia

Postagens populares

Pesquisar este blog