Observação: É proibida a reprodução total ou parcial deste Blog, sem a devida autorização da Equipe.

Compartilhando idéias, falando sobre odontologia e trocando informações

Este blog nasceu da necessidade de conectar a inspiração de suas criadoras com a mídia e as redes sociais.
Estamos em ascenção, nos organizando para trazer ao leitor textos impactantes, modelados na medida das necessidades de nossos leitores e de nossas próprias.
Não temos a pretensão de sermos um blog que vem ensinar mas, estamos em movimento de pesquisa constante, para aprender e divulgar o que for relevante às idéias que inspiraram sua criação.
Esteja conosco. Será um prazer desfrutarmos deste tempo juntamente com você.

Equipe Odontologando

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Primeiro Molar Permanente

    Os primeiros molares permanentes, nascem por volta dos 6 anos de idade e são muitas vezes confundidos com dentes decíduos (dentes de leite), pois nascem atrás dos últimos dentes de leite.

São dentes muito importantes, pois sustentam e dirigem a correta posição dos outros dentes . São também chamados de "chaves de oclusão".

Sua perda precoce acarreta danos irreparáveis não somente a nível estético, mas, prejudicam o desenvolvimento harmônico da criança, inclusive sua própria saúde.

Esta criança, veio a primeira vez ao dentista, aos 10 anos de idade, com o primeiro molar permanente inferior direito, com uma cárie extensa e profunda. A criança apresentava dor e a mãe disse pensar que se tratava de dente de leite.




Muitas vezes, nós dentistas, escutamos essa questão: mas, como dente permanente, se nenhum dente de leite caíu?

É necessário que haja uma conscientização para que sejam adotadas medidas preventivas e orientação aos pais para  a diminuição do alto índice de cárie desses dentes.

Portanto, levar a criança ao dentista, logo a partir do nascimento do primeiro dente de leite, fará com que a família seja orientada sobre prevenção, evitando perdas dentárias e tantos outros transtornos advindos da falta de orientação, como o caso acima, por exemplo.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Nos primordios da Ortodontia.

   
A preocupação com um sorriso mais estético e funcional não é uma preocupação atual. Confome relatos, os povos antigos já elaboravam artefatos na tentativa de alinhar os dentes. E muitos foram os pesquisadores e inventores que nos auxiliaram a criar os braquetes tal como são hoje. As técnicas materiais tem evoluido muito e os resultados são cada vez mais rápidos, biocompatíveis, estéticos e menos dolorosos.

Arqueologistas descobriram uma mumia com bandas metálicas, possivelmente para fechamento de espaços entre os dentes. Datada em 400-500 d.c..
Hippocrates e Aristoteles abordaram maneiras de alinhas os dentes e fixa-los.
Na Grécia, Idade do Ouro, Etruscos (precursores dos romanos) desenvolveram um tipo de mantenedor de espaço, prevenindo o colapso da dentição com a idade. Foi a primeira ligadura de aço documentada.
No tempo de Cristo, Aurelius Cornelius Celsus  foi o primeiro a registrar o tratamento dos dentes através da pressão da pressão digital. Mas foi por volta de 1700 que de fato começou de desenhar a ortodontia. Nos tempos medievai, barbeiros especializados possuem técnicas muito rudimentares de tratamento, inclusive extrações, ainda bem que as coisas avançaram muito de lá para cá!! 
Fauchard aparelho para alinhamento dentário
Em 1728 Pierre Fauchard publicou o livro "The Surgeon Dentist" (O cirurgião dentista) com um capítulo inteiro sobre como alinhar os dentes. Em 1957, o francês Bourdet escreveu "The Dentist's Art", (A arte do dentista), também com um capítulo sobre alinhamento dentário e uso de aparelhos.

Mas as maiores influências para a criação da especialidade couberam a Norman W. Kingsley, dentista, escritor, artista e escultor, autor de "Treatise on Oral Deformities".  (Tratado das deformidades orais) em 1880. Junto com um segundo nome, J. N. Farrar, autor de 2 volumes entitulados "A Treatise on the Irregularities of the Teeth and Their Corrections". ( Tratado das irregularidades dos dentes e suas correções). Farrar foi o primeiro a sugerir o uso de forças suaves com intervalos de ativação para mover os dentes.
Edward H. Angle (1855-1930) elaborou o primeiro sistema de classificação das maloclusões, que é utilizado até hoje. A classificação de Angle.
Em1864, Dr. S.C. Barnum de New York desenvolveu os eláticos
Em 1901, Angle iniciou a primeira escola de ortodontia.
Eugene Solomon Talbot's (1847-1924) foi o primeiro a utilizar Radiografias para diagnóstico ortodontico.
Calvin S. Case foi a primeira pessoa a utilizar elásticos nos braquetes.
 
No início da ortodontia, todos os dentes eram bandados e os braquetes soldados.
 
Fotos: google imagens

terça-feira, 26 de junho de 2012

Curiosidade: Sonhar com dentes?

    Há algumas crenças que relacionam pessoas, objetos ou situações que aparecem em sonhos com acontecimentos reais, mas será que esta relação existe?


Esse assunto no mínimo é curioso e pode ser também engraçado, veja:


*Sonhar que sente dor de dente é aviso para que não cometa injustiça, assim, não sentirá remorso mais tarde.
* Ir ao dentista para tratar dos dentes prenuncia um período de muita sorte.
*Dentes postiços ou dentaduras vistos ou usados em sonho é sinal de que será ajudado num momento difícil
*Se você viu os próprios dentes, em sonho, prepare-se para assumir grande responsabilidade. 
*Dentes quebrados, presságio desfavorável às relações amorosas
*Dentes brancos e saudáveis, significam prosperidade
*Dentes cariados indicam enfermidade grave de pessoa muito querida
*Dentes obturados pressagiam que bons tempos estão por vir
*Dentes comprometidos que foram arrancados, surgirão boas oportunidades de emprego ou nos negócios
*Dentes sujos ou cariados, o conselho é que dê mais atenção à saúde
*Dentes fora de posição, não se esconda ou sorte lhe abandonará
*Dentes que ameaçam cair é advertência contra amigo desleal
*Dentes que caem, morte de pessoa conhecida ou parente próximo
*Dentes longos ou grandes demais prenunciam vitória em algum embate
*Dentes que nascem é sinal de que acontecerá nascimento em família
*Dentes de leite, não permita que se intrometam em seus assuntos familiares, assim evitará desentendimentos com o cônjuge
*Dente do siso, cuidado para não entrar em atrito com colega de trabalho
*Quando você vê em sonho dentes de amigos e parentes receberá notícia muito negativa
*Caso tenha quebrado um dente em sonho, previna-se, um infortúnio ronda a sua vida
*Usar aparelho dentário é aviso de que é hora de amadurecer as idéias e colocar os projetos em prática
*Escovar os dentes em sonho é sinal de que todos os obstáculos irão se afastar, dando lugar à tranqüilidade
*Palitar os dentes em sonho, previna-se contra traição
*Caso tenha feito uso do fio dental, espere sorte e dinheiro em sua vida
*Se, em seu sonho, viu as raízes dos dentes é aviso para que não peça empréstimos e não se arrisque em jogos
*Se viu o nervo de um dente, período de muita sorte
Fonte: Diário dos Sonhos



segunda-feira, 25 de junho de 2012

Alimentos protetores dos dentes

Alguns alimentos podem nos auxiliar a cuidar da nossa saúde bucal.

Temos:

Alimentos protetores, que formam uma barreira entre o dente e as bactérias, limitando a ação dos ácidos, que resultariam na formação de cárie.
Exemplos:
- Leite, iogurte, queijo,
- Milho,
- Castanha de caju, amendoim, nozes, coco ralado 

Alimentos detergentes, que  auxiliam na limpeza da superfície do dente, através do atrito com os dentes e o tecido oral, durante a mastigação.
Exemplos:
- Maçã, pêra e frutas cruas
- Cenoura, milho, entre outros legumes e verduras crus.

É claro que nada disso substitui uma boa higiene oral!! Mas podem ser consumidos, não só por sua ação mecânica, mas também porque representam uma rica fonte de sais minerais e vitaminas.

Bom apetite!!

Foto: blog feliz y contenta

domingo, 24 de junho de 2012

O que é Hanseníase e como afeta a saúde bucal?

     * O que é?
A Hanseníase é uma doença infecciosa causada por uma bactéria (Mycobacterim leprae) que atinge a pele e os nervos. Podem acarretar incapacidades físicas que evoluem para deformidades.

* Quais os sintomas?
-Uma ou mais manchas na pele, de cor variada
-Manchas com perda de sensibilidade, pele seca e queda de pelos
-Dor, sensação de choque, fisgadas e agulhadas ao longos dos nervos, braços e pernas
-Nódulos(caroços) no corpo avermelhados e dolorosos
-Diminuição da força muscular das mãos, pés ou da face.

*Como é transmitida?
-Por meio das vias respiratórias (fala, espirro e tosse)
-Durante o convívio frequente e prolongado com doente não tratado
Obs: ao tratar, o doente não transmite mais a doença para outras pessoas. Em casa ou no trabalho não é necessário separar objetos pessoais.

*Qual o tratamento?
- O tratamento é supervisionado, isto é, o paciente toma medicação diariamente e deve ir uma vez por mês à unidade de saúde. O medicamento é fornecido gratuitamente e o tratamento tem duração de 06 a 12 meses, dependendo da gravidade da doença.
Quando tratada no início, a Hanseníase não causa incapacidades ou deformidades.

*Manifestações Bucais: podem ser encontradas deformações no maxilar, causando perda precoce dos dentes anteriores superiores, focos de infecção.
É necessário que haja mais estudo que relacione a Hanseníase com saúde bucal e que os dentistas sejam mais participantes das campanhas de prevenção, orientação e tratamento.

Fonte: Centro de Vigilância Epidemiológica e Fundação Paulista Contra a Hanseníase











Postagens populares

Pesquisar este blog