Observação: É proibida a reprodução total ou parcial deste Blog, sem a devida autorização da Equipe.

Compartilhando idéias, falando sobre odontologia e trocando informações

Este blog nasceu da necessidade de conectar a inspiração de suas criadoras com a mídia e as redes sociais.
Estamos em ascenção, nos organizando para trazer ao leitor textos impactantes, modelados na medida das necessidades de nossos leitores e de nossas próprias.
Não temos a pretensão de sermos um blog que vem ensinar mas, estamos em movimento de pesquisa constante, para aprender e divulgar o que for relevante às idéias que inspiraram sua criação.
Esteja conosco. Será um prazer desfrutarmos deste tempo juntamente com você.

Equipe Odontologando

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Primeiro Molar Permanente

    Os primeiros molares permanentes, nascem por volta dos 6 anos de idade e são muitas vezes confundidos com dentes decíduos (dentes de leite), pois nascem atrás dos últimos dentes de leite.

São dentes muito importantes, pois sustentam e dirigem a correta posição dos outros dentes . São também chamados de "chaves de oclusão".

Sua perda precoce acarreta danos irreparáveis não somente a nível estético, mas, prejudicam o desenvolvimento harmônico da criança, inclusive sua própria saúde.

Esta criança, veio a primeira vez ao dentista, aos 10 anos de idade, com o primeiro molar permanente inferior direito, com uma cárie extensa e profunda. A criança apresentava dor e a mãe disse pensar que se tratava de dente de leite.




Muitas vezes, nós dentistas, escutamos essa questão: mas, como dente permanente, se nenhum dente de leite caíu?

É necessário que haja uma conscientização para que sejam adotadas medidas preventivas e orientação aos pais para  a diminuição do alto índice de cárie desses dentes.

Portanto, levar a criança ao dentista, logo a partir do nascimento do primeiro dente de leite, fará com que a família seja orientada sobre prevenção, evitando perdas dentárias e tantos outros transtornos advindos da falta de orientação, como o caso acima, por exemplo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Será um prazer poder recebê-lo.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagens populares

Pesquisar este blog