Observação: É proibida a reprodução total ou parcial deste Blog, sem a devida autorização da Equipe.

Compartilhando idéias, falando sobre odontologia e trocando informações

Este blog nasceu da necessidade de conectar a inspiração de suas criadoras com a mídia e as redes sociais.
Estamos em ascenção, nos organizando para trazer ao leitor textos impactantes, modelados na medida das necessidades de nossos leitores e de nossas próprias.
Não temos a pretensão de sermos um blog que vem ensinar mas, estamos em movimento de pesquisa constante, para aprender e divulgar o que for relevante às idéias que inspiraram sua criação.
Esteja conosco. Será um prazer desfrutarmos deste tempo juntamente com você.

Equipe Odontologando

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Fluorose, o que é?

Fluorose é uma alteração do esmalte dentário que está ligada à ingestão excessiva de flúor durante a formação dos dentes, podendo apresentar colorações e estágios diversos.

A fluorose, acomete principalmente a dentição permanente e é rara na dentição decídua (dentes de leite).

A causa mais comum está relacionada ao fato da criança pequena engolir a pasta dental contendo flúor, principalmente em regiões aonde a água de abastecimento público é fluoretada.
Engolir pasta com frequência, durante a época de formação dos dentes permanentes, pode acarretar em fluorose que se apresenta como manchas ou linhas de tonalidades esbranquiçadas em estágio leve, podendo nos casos mais graves apresentar uma coloração acastanhada ou marrom e até mesmo, haver perda de estrutura dental, tornando o dente mais enfraquecido.
 

Tratamento

  • Em estágio inicial,  onde a estética não está muito comprometida não é necessário tratamento, apenas acompanhamento profissional.
  • Em casos mais avançados, onde a estética está comprometida há vários tratamentos disponíveis.

Prevenção

  • Não usar pastas com flúor em crianças que não conseguem deixar de engolir.
  • Não deixar pastas dentais ao alcance das crianças e usar quantidade mínima do produto ( porção do tamanho de um grão de arroz).
  • Água, inclusive minerais e alguns alimentos industrializados também contém flúor. Ficar atento aos rótulos.
  • Supervisionar a escovação de seu filho.
  • Fazer consultas periódicas com o odontopediatra.





Ladis Pedrosa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Será um prazer poder recebê-lo.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagens populares

Pesquisar este blog