Observação: É proibida a reprodução total ou parcial deste Blog, sem a devida autorização da Equipe.

Compartilhando idéias, falando sobre odontologia e trocando informações

Este blog nasceu da necessidade de conectar a inspiração de suas criadoras com a mídia e as redes sociais.
Estamos em ascenção, nos organizando para trazer ao leitor textos impactantes, modelados na medida das necessidades de nossos leitores e de nossas próprias.
Não temos a pretensão de sermos um blog que vem ensinar mas, estamos em movimento de pesquisa constante, para aprender e divulgar o que for relevante às idéias que inspiraram sua criação.
Esteja conosco. Será um prazer desfrutarmos deste tempo juntamente com você.

Equipe Odontologando

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Dia do dentista - Parabéns aos construtores de sorrisos!

Neste dia 25, em que comemoramos o dia do dentista, escolhemos homenagear  todos os colegas através de uma dentista, Dra. Maria Alice Paes, que está vencendo uma luta difícil e atual que muitas mulheres também travam neste momento, contra o câncer de mama.

Deixamos com você, leitor, a história escrita por ela mesma.

Um grande abraço à todos!

Equipe Odontologando




A odontologia sempre fez parte de minha família, avós, tios, primos, pai, assim cresci vendo as conversas sobre "dentes" e comecei a me interessar. Quando pequena pedia ao meu pai uns modelos de gesso para "trabalhar" um pouco, falava que ia "dentistar". Fazia uns buracos enormes nos molares com uma le cron velha que ele me deu e me sentia realizada quando tampava todas aquelas crateras com cera rosa!
Adolescente já sabia o que queria ser: dentista, lógico!
Morava em São Paulo, prestei vestibular na Metodista, em Santo Amaro e em Minas Gerais onde tudo começou...Entrei na primeira turma na terra do rei Pelé. Muito bom, tudo novinho, parecia que a faculdade era nossa...e a turma então...cada um de um canto do Brasil, turma muito bacana!




Formei e voltei para São Paulo, casei depois de dois anos e aí começou a divisão: ser mãe ou ser dentista... fui mãe por quatro vezes e todas as vezes dava um tempo como profissional liberal que sempre fui e me dedicava à prole de quatro meninas lindas! Mas que profissão abençoada! Os pacientes ficavam esperando eu retornar da "licença maternidade" para retomarem o tratamento. Um dia liguei para meu pai só para agradecer todo apoio que ele me deu e dizer como é maravilhosa e gratificante esta profissão. Depois de 24 anos de formada, em 2007, tomei um susto quando recebi o resultado de um exame rotineiro de ultrasson abdominal: câncer de ovário. Veio silencioso, sem alterações visíveis, sem dor, nessa altura morava em Minas gerais e como um bom mineiro, o tumor trabalhou em silêncio. Aí começou a correria, cirurgia, em Belo Horizonte e na sequencia, quimioterapia, com tudo o que tem direito: ficar careca, engordar e enjoos, mas foram só seis meses, depois só quimioterapia oral durante cinco anos.E o consultório fechadinho...sem entrar um tostão...



Depois de dois anos, fui trabalhar na prefeitura como dentista em um PSF. Que coisa gostosa, poder já com tanta experiência ajudar tantas pessoas! Fiquei somente um ano tendo esse prazer em ver de perto a realidade da saúde bucal do Brasil e fui convidada a ser Coordenadora dos PSFs.
A essa altura o consultório já estava abrindo somente nos finais de tarde, e eu já bem cansada da correria...
Foi aí que a vida deu mais uns sustinhos...a filha adolescente engravidou, e o marido se mandou...rsrsrs . Fiquei bem baqueada com tudo isso e aí quero ressaltar que somos seres humanos que nascemos para sermos felizes e jamais podemos deixar nossa alegria sair voando pela janela! Foi aí que baixei a guarda e deixei munha imunidade cair e veio mais uma bombinha...a mamografia deu uma alteração: tumor in sito na mama esquerda. Pensei: ainda bem que não é na direita... posso trabalhar...Em 2010 foi realizada uma cirurgia para retirada do tumor e da glândula mamaria e colocação de prótese nas duas mamas como pedida de prevenção.
Mas não parou aí...em 2011 após uma mamografia de rotina, outro nódulo, agora subcutâneo com metástase axilar. E lá vamos nós de novo: quimioterapia, cirurgia para retirada da mama e radioterapia.



 E ponto final. Acabo de acabar a terceira etapa, estou muito bem e principalmente sinto que o principal é acreditarmos que nada nos acontece ao acaso, somente com a dor conseguimos crescer e nos melhorar. espero que eu esteja aprendendo essa lição que a vida está tentando me passar e que me torne uma pessoa melhor a cada dia. E o que posso dizer para finalizar é que com tudo isso, meus pacientes me encontram na rua e perguntam quando vou voltar a trabalhar, digo que logo e eles dizem que estão aguardando.
Tive que pedir a uma colega olhar os dentes de minhas filhas e um grande amigo olhar os meus pois esse tratamento debilita um pouco o organismo e nossos dentes sofrem também. Quero deixar o meu abraço pelo nosso dia a todos os colegas e meu depoimento é um alerta para não descuidarmos de nossa saúde, nosso corpo "fala" temos que saber interpretar essa linguagem. Um beijo a todos e muito obrigada!







Um comentário:

  1. Querida amiga de 30 anos!!!
    Fiquei emocionada com a sua atenção e consideração em relação a minha história... Muito obrigada viu?
    Beijo grande te adoro!
    Parabéns a todos nos pelo nosso dia!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Será um prazer poder recebê-lo.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagens populares

Pesquisar este blog