Observação: É proibida a reprodução total ou parcial deste Blog, sem a devida autorização da Equipe.

Compartilhando idéias, falando sobre odontologia e trocando informações

Este blog nasceu da necessidade de conectar a inspiração de suas criadoras com a mídia e as redes sociais.
Estamos em ascenção, nos organizando para trazer ao leitor textos impactantes, modelados na medida das necessidades de nossos leitores e de nossas próprias.
Não temos a pretensão de sermos um blog que vem ensinar mas, estamos em movimento de pesquisa constante, para aprender e divulgar o que for relevante às idéias que inspiraram sua criação.
Esteja conosco. Será um prazer desfrutarmos deste tempo juntamente com você.

Equipe Odontologando

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Dúvidas frequentes sobre Gripe Influenza A/H1N1

O que é Influenza A/H1N1?
É uma doença transmitida por um vírus da mesma família que transmite a gripe.

Como é transmitida a H1N1?
É transmitida de pessoa para pessoa, especialmente através de tosse ou espirro.
Algumas pessoas podem se infectar entrando em contato com objetos contaminados.

A influenza A/H1N1 pode apresentar complicações?
Como qualquer gripe, pode evoluir para sinusite ou até para um quadro pulmonar.

Quais os sintomas da H1N1?
São sintomas semelhantes ao da gripe comum: febra alta e tosse, mas, em alguns casos, também podem aparecer: dor de cabeça e no corpo,garganta inflamada, falta de ar, cansaço, diarréia e vômitos.

Se eu pegar a doença, tem tratamento?
Sim, existe remédio por via oral que combate o vírus da Influenza A/H1N1. Porém, outras medidas são recomendadas como: repouso, ingestão de líquidos e boa alimentação.

Existe um grupo que corra mais risco?
Sim: grávidas; crianças menores de 2 anos; idosos com mais de 60 anos; pessoas com baixa imunidade e portadores de doenças do coração, pulmão e rins.

Existe uma vacina?
Existe uma vacina trivalente que previne contra a gripe sazonal e a H1N1 e é ministrada em postos de saúde aos grupos de risco.
Na rede particular, esta vacina também pode ser adquirida e a pessoa passa a estar imunizada após 2 a 3 semanas depois de tomar a vacina.

Como posso evitar o contágio?
Não passar as mãos no rosto, olhos nariz e boca. Não estar com gente doente.



Fonte: Ministério da Saúde


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Será um prazer poder recebê-lo.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagens populares

Pesquisar este blog