Observação: É proibida a reprodução total ou parcial deste Blog, sem a devida autorização da Equipe.

Compartilhando idéias, falando sobre odontologia e trocando informações

Este blog nasceu da necessidade de conectar a inspiração de suas criadoras com a mídia e as redes sociais.
Estamos em ascenção, nos organizando para trazer ao leitor textos impactantes, modelados na medida das necessidades de nossos leitores e de nossas próprias.
Não temos a pretensão de sermos um blog que vem ensinar mas, estamos em movimento de pesquisa constante, para aprender e divulgar o que for relevante às idéias que inspiraram sua criação.
Esteja conosco. Será um prazer desfrutarmos deste tempo juntamente com você.

Equipe Odontologando

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Meu filho chupa dedo, o que fazer?

O hábito de chupar o dedo é muito comum e muitas vezes já se pode ver o bebê chupando dedo ainda dentro do ventre materno, por imagens de ultrasson. Está ligado principalmente à necessidade de sobrevivência, prazer e acolhimento.

Durante o primeiro e o segundo mês de vida, este hábito ainda está ligado a um reflexo "alimentação-sobrevivência". Depois desse período, o bebê passa a explorar com os dedos a região da boca e inclusive fora dela, reconhecendo também uma forma de prazer e acolhimento.

Porém, o grande problema é que com o passar do tempo, este hábito pode trazer problemas no posicionamento dos dentes e até no desenvolvimento dos ossos da face. Podem ocorrer também distúrbios na fala.

Mas, como tirar esse hábito?
Como qualquer  outro vício, requer a colaboração e a vontade da criança, da mesma forma como funciona com os adultos e por isso é preciso  motivação.

O importante é saber que quanto mais tarde se tentar tirar esse vício, mais difícil é conseguir o sucesso e também a adesão à alguns métodos.

Abaixo, listamos alguns métodos para que as mamães experimentem e possam encontrar algum que funcione melhor com seu filho.





  • Troque por uma chupeta, pois esta é mais fácil de remover posteriormente.
  • Não deixe de dar de mamar. Procure retirar um pouco de leite, caso o peito esteja muito cheio. Essa atitude fará com que o bebê sugar mais e ter menos necessidade de sucção do dedo.
  • Observe o hábito durante a noite. Se a criança continuar com o dedo na boca após adormecer, os pais devem retirá-lo.
  • Ocupe as mãos de seu filho. Enquanto ele as usas em alguma atividade interessante, deixará de chupar o dedo.
  • Dar apoio, tentar entender e observar os momentos em que a criança chupa o dedo.
  • Brigar não ajuda. Atitudes de interesse, costumam funcionar. A criança precisa perceber o interesse e firmeza dos pais em relação aos seus hábitos.
  • Negociação de horários funciona com crianças mais velhas. Anotações em calendários e cartazes, associadas a elogios e valorização da criança funcionam muitas vezes.
Procure sempre um odontopediatra que saberá orientá-lo, inclusive quanto à necessidade de um encaminhamento à fonoaudióloga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Será um prazer poder recebê-lo.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagens populares

Pesquisar este blog